FRONTEIRA, 2020 

 

Série realizada ao longo da Quarentena, período de isolamento social por pandemia de COVID 19. A partir desse processo de suspensão das atividades e desaceleramento da produção, refletimos sobre o volume de propostas  criadas e enviadas para editais de exposição e residência artística que deixam de acontecer pelo não aceite pelas instituições.A partir desta reflexão e da vontade de execução de diversas propostas, nós, Bárbara Lissa e Maria Vaz,  percorremos pelo google street view um caminho desde nossas casas até uma dessas instituições de residência artística, localizada no Vale da Mutuca, MG, próximo à suas residências, em Belo Horizonte, MG. A trajetória foi gravada e fotografada com uma câmera análogica NIKON e um filme Tmax 3200, registrando a tela do monitor, explorando os ângulos e mudanças tempo/espaciais. A película foi revelada e digitalizada em casa, devido ao fechamento do comércio pelo isolamento social, com imagens virtuais atreladas aos processos e materialidade do analógico. Interfaces e ruídos, rostos desfocados pela google, uma mistura estética que confunde os tempos e dificulta entender como foram feitas as imagens.